Minha foto
Produtora cultural, aprendiz de escritora e fotógrafa, devoradora de livros e chocolates, "fazedora" e mantenedora de amigos.

sábado, 6 de junho de 2009

Caminhos...


Caminhos, quais?
Sempre ha dúvida de qual caminho seguir.
Escolhemos, sempre!
Tomar atalhos, retornar,escolher o caminho oposto.
Traçando o mapa de nossas vidas, caminhos escolhidos, desistidos, retomados, desviados.
Caminhos que se nos mostram belas paisagens, com seus frescos pôres-do-sol e lindas noites estreladas, que nos exigem esforços desumanos e nos dão sombra e água fresca, que nos mantêm sempre alertas as sombras de suas beiras.
Caminhar pra que?
Se não há a caminhada, não há aonde chegar. Se não há caminho, não há destino, nem histórias a contar.
Portanto caminho, descanso, mudo de direção, escolho outro caminho, chego, e de novo me ponho a caminhar, em busca de novos desafios, de novas conquistas, de novas descobertas, de novas pessoas a conhecer nessa bela, dificil, e prazerosa caminhada.
Os meus pés doem, a cabeça também, mas o coração se mantém pleno, pois continuo caminhando.

Um comentário:

Fernanda Cozendey disse...

o caminho às vezes é melhor do que a própria chegada, é nele que, mesmo perdidos, nos encontramos, e mesmo sem direção, guiamos nossas incertezas.