Minha foto
Produtora cultural, aprendiz de escritora e fotógrafa, devoradora de livros e chocolates, "fazedora" e mantenedora de amigos.

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Quando...


Quando o mundo ainda era pequeno
e eu podia descobrir todos os lugares,
Quando a vida parecia muito longa
e eu sonhava em ser bailarina,
Quando os sonhos eram multicoloridos
E os desejos, lagos de chocolate,

Eu corria,
Eu cantava,
Eu sonhava,

E o mundo girava lentamente,
E a vida passava saltitante,
E os sonhos aconteciam, certamente

Quando tudo aconteceu depressa demais,
Quando a vida se mostrou incompleta e meio incerta,
Quando os sonhos se tornaram planos, metas

Olhei pra trás,

lembrei de mim e senti saudades,
olhei o mundo e estava mais nítido,
senti a vida e não encontrei verdades

Então, vi o mundo com olhos tranqüilos,
Vivi os dias intensamente, com todos os sentidos,
Procurei sonhos antigos, e os achei, perdidos!

Um comentário:

Remy disse...

Oi Filhusca. Muito lindo. Adorei esta poesia. É bem você.
Te amo.